Kevin Costner é processado por Stephen Baldwin

Disputa entre os atores envolve negócio com empresa de petróleo

Reuters |

Reuters

Divulgação
O ator Kevin Costner

Os atores Kevin Costner e Stephen Baldwin protagonizam um drama na vida real nesta segunda-feira (4 de junho), com o início da seleção do júri em um julgamento sobre as acusações feitas por Baldwin de que Costner lhe passou a perna em um negócio multibilionário para vender extratores de petróleo à British Petroleum em 2010.

Começou a seleção do júri em um tribunal de Nova Orleans para uma ação federal aberta contra Costner por Baldwin e seu sócio, Spyridon C. Contogouris.

Siga o iG Cultura no Twitter

A acusação alega que Costner, mais conhecido pela atuação em filmes como "O Guarda-Costas" e "O Campo dos Sonhos", enganou Baldwin e Contogouris na parcela que tinham em um negócio multimilionário sob a qual a BP comprou 32 equipamentos de separação de petróleo e água que foram desenvolvidos por uma empresa de propriedade de Costner.

O acordo foi fechado depois que o poço de Macondo explodiu em abril de 2010, despejando mais de 4 milhões de barris de petróleo bruto no Golfo do México, no maior vazamento acidental de petróleo da história.

De acordo com a ação, Baldwin e Contogouris afirmam que não souberam sobre o acordo com a BP antes de concordarem em vender as ações de uma companhia que foi montada para comercializar os equipamentos de extração de Costner.

Como resultado, eles afirmam que foram excluídos de uma parcela do depósito de 18 milhões de dólares feito pela BP pelos equipamentos.

Ambos os atores deverão comparecer ao tribunal todos os dias para o julgamento.

    Leia tudo sobre: CULTURA GENTE KEVINCOSTNER PETROLEO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG