Palco no Vale do Anhangabaú, no Centro de São Paulo, reunia multidão atenta na noite de sábado

Morena Nascimento e Benjamin Taubkin: simbiose
ig
Morena Nascimento e Benjamin Taubkin: simbiose
Quem disse que dança e música erudita não são populares? A julgar pela plateia que assistia na Virada Cultural à performance do pianista Benjamin Taubkin e da dançarina Morena Nascimento, no Vale do Anhangabaú, as duas artes são um chamariz de público.

Verdade que o Centro de São Paulo, pouco depois das 23h deste sábado (05), registrava um pico de frequentadores – nos arredores do Theatro Municipal, no Viaduto do Chá, no Bulevar São João, tudo havia se transformado num formigueiro humano.

Leia também: Arnaldo Baptista abre programação do Theatro Municipal na Virada

Mesmo assim, a poucos metros de onde estava o piano de Taubkin, Luciana Alves e Diogo Poças homenageavam Elis Regina executando na íntegra o disco "Elis e Tom" (1974). "Águas de Março" ressoava nas caixas, mas o público permanecia inabalável vendo a performance de Morena Nascimento.

Público acompanha atento palco de música erudita na Virada Cultural
Futura Press
Público acompanha atento palco de música erudita na Virada Cultural
Trajando um vestido escarlate de veludo, a dançarina que já integrou a companhia de Pina Bausch usava o palco como um todo. Dividiu a banqueta de Taubkin enquanto ele se dedicava às teclas, bailou pelo tablado, se meteu debaixo do piano. A coreografia era tudo, menos óbvia.

Numerosa, a plateia acompanhava a simbose entre som e movimento atenta. As duas centenas de cadeiras em frente ao palco estavam tomadas, mas os curiosos se dividiam ao lado, mais ao fundo, onde havia um telão e outras caixas de som (ao contrário do palco de humoristas ), e também deitados no gramado do Vale do Anhangabaú.

Se continuar assim, a aposta de reservar para a música clássica um espaço nobre vai se provar acertada. A programação para o restante da Virada promete: há ainda, entre outras, as apresentações da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), da Orquestra Experimental de Repertório e do Piano Quartet, quarteto de musicistas da Holanda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.