Música, dança e teatro invadem as ladeiras de Santa Tereza, no Rio

Festa Literária em bairro carioca tem atrações musicais com samba, choro e o bloco Cordão do Boitatá

iG Rio de Janeiro |

As ladeiras de Santa Teresa vão ser ocupadas neste final de semana, dias 5 e 6 de maio, por música, teatro, danças, saraus, oficinas de dobraduras, debates, feira e lançamentos de livros. A FLIST (Festa Literária de Santa Teresa) pretende reunir, este ano, cerca de 20 mil pessoas no bairro da região central do Rio.

A quarta edição do evento terá homenagem ao escritor Joel Rufino dos Santos e aos centenários de Jorge Amado e Nelson Rodrigues, além de bate-papo com os diretores da FLUPP (Festa Literária das UPPs), que estreou este ano no Morro dos Prazeres, e encerramento com um dos blocos mais tradicionais do carnaval carioca, o Cordão do Boitatá.

Joel Rufino se emocionou ao saber da homenagem. “Quando era menino, tinha dois desejos. Nada de carro, de viagens ou riqueza. Queria que minha avó nunca morresse e uma casa cheia de livros. Cheguei aos 70 com um desses desejos realizados. Agora, com a homenagem que vão me prestar, capitulo: ‘sou escritor’. Aos organizadores da FLIST um só pedido: que não me elogiem muito, ou não aguentarei de alegria”, afirma.

Sarau de poesias

As atividades serão espalhadas por seis espaços de Santa Teresa: Parque das Ruínas, Casa Paschoal Carlos Magno, Academia Brasileira de Cordel, Casa Amarela, Gamar Brinquedos e Biblioteca Municipal de Santa Teresa. Restaurantes do bairro também preparam pratos em homenagem a escritores no final de semana do evento.

Além da presença do homenageado em debates e bate-papo com os leitores, o escritor Nei Lopes lançará três livros: “A Lua Triste Descamba”, “O Dicionário da Hinterlândia Carioca” e “Dicionário Banto do Brasil”. Os 90 anos de Darcy Ribeiro também serão lembrados com um tributo feito por escritores, pesquisadores e antigos companheiros de um dos ícones da cultura brasileira.

As crianças também contarão com uma série de atividades, que vão de sarau de poesias a lançamentos de livros infantis como “A Coleção de Bruxas do meu Pai”, da escritora Rosa Amanda Strausz, ganhadora do prêmio Brasília de Literatura.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG