Cuba reporta 69 mortos pela gripe A

Havana, 10 mai (EFE).- Cuba reportou hoje 69 mortos pela gripe A desde o início da pandemia na ilha e as autoridades reforçaram as chamadas para manter as medidas preventivas para evitar contágios, informaram hoje meios de comunicação.

EFE |

Havana, 10 mai (EFE).- Cuba reportou hoje 69 mortos pela gripe A desde o início da pandemia na ilha e as autoridades reforçaram as chamadas para manter as medidas preventivas para evitar contágios, informaram hoje meios de comunicação. De acordo com uma nota sobre a situação regional da doença publicada pela Organização Pan-americana da Saúde (OPS) e citada hoje no semanário cubano "Trabalhadores", até o dia 5 de maio foram registradas 69 mortes em Cuba devido a um surto da gripe A. Especialistas do Ministério da Saúde Pública da ilha informaram que nas últimas seis semanas aconteceu um aumento dos quadros respiratórios, especialmente do vírus H1N1. O diretor de Epidemiologia do Ministério da Saúde Pública (Minsap) de Cuba, Manuel Santín, disse que o vírus da gripe A tem "uma alta circulação" no país, mas que a percepção de risco é muito baixa entre a população cubana. Por sua vez, a chefe dos programas de infecções respiratórias agudas e tuberculose da ilha, María Josefa Llanes, informou que 1.492 casos do vírus H1N1 foram reportados desde abril de 2009, informa a Agência de Informação Nacional (AIN). No dia 1 de abril Cuba iniciou uma campanha de vacinação contra a pandemia nos setores mais vulneráveis e de risco, 10% dos 11,2 milhões de habitantes da ilha. EFE rmo/pb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG