Corregedor do TRE-MT admite novas buscas em órgãos públicos

Márcio Vidal afirmou que outros mandados poderão ser expedidos no Estado para apurar crimes eleitorais

Kelly Martins, iG Cuiabá |

O corregedor do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE), desembargador Márcio Vidal, declarou que novas buscas e apreensões deverão ocorrer nos próximos dias em órgãos públicos e empresas privadas, que comprovem o uso da máquina pública para fins eleitorais.

O magistrado disse que estão em fase de análise várias denúncias feitas pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) que investiga o uso da estrutura administrativa do Estado em benefício de candidatos em campanha.

O corregedor adianta que os principais crimes investigados são compra de votos e a prática de conduta vedada a agentes públicos.

Mas, preferiu não revelar se os mandados de busca e apreensão são contra órgãos municipais, estaduais ou federais.

"Muitas investigações estão ocorrendo e estamos tentando combater com maior rigor a prática de crimes eleitorais. São denúncias variadas que recebemos desde o início da campanha", frisou.

Marcio Vidal disse ainda que as investigações correm sob sigilo e prefere não comentar as denúncias. Da mesma forma o MPE que evita conceder declarações sobre os casos.

Na terça-feira (21), computadores e documentos foram apreendidos na secretaria de Estado de Educação (Seduc) pela Polícia Federal.

O mandado de busca e apreensão partiu do desembargador Márcio Vidal e atende pedido do procurador regional eleitoral Thiago Lemos de Andrade.

A investigação é contra o suposto uso da pasta em benefício dos candidatos do PT Carlos Abicalil e Ságuas Moraes, que disputam vagas de senador e deputado federal.

Ambos pertencem a coligação do governador Silval Barbosa (PMDB), que busca reeleição.

Caso os crimes sejam comprovados, os envolvidos podem ter o registro de candidatura cassados e, se eleitos, podem perder o mandato por decisão da Justiça Eleitoral.

    Leia tudo sobre: Eleições MTEleições TRE-MT

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG