Coreias retomam negociações militares

Representantes dos dois países se reuniram na aldeia de Panmunjom, na fronteira comum

AFP |

Coreia do Sul e Coreia do Norte iniciaram nesta quinta-feira suas primeiras negociações militares em dois anos, destinadas a apaziguar as tensões entre os dois países após o afundamento de uma corveta sul-coreana no Mar Amarelo, em março passado, informou o ministério da Defesa em Seul.

Trata-se do primeiro encontro deste tipo desde outubro de 2008.

Coreia do Norte pretende discutir a delimitação da fronteira marítima no Mar Amarelo e o envio de folhetos de propaganda ao Norte por ativistas da Coreia do Sul.

Já a Coreia do Sul quer tratar do naufrágio da corveta "Cheonan", no qual morreram 46 marinheiros. Seul afirma que o navio foi torpedeado pelos norte-coreanos, mas Pyongyang nega qualquer responsabilidade no incidente.

Nos últimos meses, os dois países deram mostras de distensão: Coreia do Sul ajudou os norte-coreanos após as graves inundações de verão, foram retomadas as negociações para a reunião de famílias separadas pela guerra, e a Coreia do Norte liberou um pesqueiro sul-coreano apreendido.

    Leia tudo sobre: Coreia do NorteCoreia do Sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG