Copa de 2014 é alvo de disputa eleitoral em MT

Candidatos ao governo estadual assumem a "paternidade" da escolha de Cuiabá como uma das sub-sedes do evento

João Negrão iG Cuiabá |

A Copa do Mundo de Futebol de 2014, da qual Cuiabá será uma das sub-sedes, virou alvo de disputa eleitoral em Mato Grosso. Dois candidatos, o governador Silval Barbosa (PMDB), candidato à reeleição, e o ex-prefeito da cidade, Wilson Santos, candidato ao governo pelo PSDB, reivindicam a “paternidade” da Copa na capital.


O ex-prefeito tucano Wilson Santos (PSDB) vem difundido em reuniões, caminhadas, pelo Twitter e por meio de sua assessoria, que é ele o responsável pela conquista de Cuiabá para ser uma das sub-sedes. O governador Silval Barbosa refutou as afirmações de Santos. “É uma mentira”, bradou, durante entrevista à Rádio Cultura de Cuiabá, nesta segunda-feira.


O atual governador disse que a conquista da Copa foi uma das maiores ações da gestão Blairo Maggi (PR), do qual era vice e sucedeu após o ex-governador renunciar para disputar uma vaga ao Senado. “O ex-prefeito quer ser dono da Copa, algo que o nosso grupo conseguiu com muita luta. Não posso ouvir dizendo que o Silval não está fazendo nada”, pontuou, reclamando que o ex-prefeito do município não quer reconhecer. O ex-prefeito Wilson Santos preferiu não comentar as declarações de seu adversário.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG