Protocolo de Kyoto: conversas entre países devem ser concluídas amanhã

A poucos dias do fim da Conferência do Clima, negociações continuam atravancadas

Maria Fernanda Ziegler, enviada a Cancún |

Depois de um dia de conversas com diversos ministros sobre o comprometimento do segundo protocolo de Kyoto, a ministra do meio ambiente Izabella Teixeira quis falar pouco sobre o que está acontecendo nestas conversas e não escondeu a existência de dificuldades. Faltam apenas três dias para o fim da Conferência do Clima em Cancún, e os trabalhos parecem estar atravancados.

“Durante o dia tivemos vários encontros, e muitas dificuldades. Brasil e Reino Unido vão trabalhar duro pelos próximos dois dias e assim esperamos atingir bons resultados até sexta. É claro que temos problemas políticos, caso contrário, a presidência da Cop não pediria a presença de facilitadores nas negociações”, disse. Brasil e Reino Unido foram designados como facilitadores das negociações sobre o segundo período de vigência do protocolo de Kyoto.

O tempo está passando e a maneira esquiva da ministra em dar suas respostas na coletiva de imprensa desta terça-feira (7) parece demonstrar que no fim desta semana o que a COP-16 poderá conseguir é uma sinalização de que em Durban, onde haverá a próxima conferência do clima em 2011, possa haver algum acordo sobre o tema, mas não em Cancún.

O que está em jogo é o segundo período de vigência do protocolo de Kyoto. O tratado, que expira em 2012, exige que quase 40 países desenvolvidos reduzam suas emissões de gases do efeito estufa, em 5,2% entre 2008 e 2012. Até agora não há nenhum outro acordo que obrigue países a reduzir suas emissões.

Já no segundo dia da Conferência em Cancún, o Japão anunciou que recusava o segundo período. Logo depois, Canadá, Austrália e Rússia demonstraram querer fazer o mesmo. “Eu sou uma mulher prática e otimista e tenho o sentimento de que vamos atingir nossos objetivos”, disse.

    Leia tudo sobre: aquecimento globalcopcancunmeio ambiente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG