Negociações sobre protocolo de Kyoto avançam com Rússia e Japão

Reuniões com outros países se estenderam até a madrugada. Izabella Teixeira, ministra do Meio Ambiente do Brasil, está otimista

Maria Fernanda Ziegler, enviada a Cancún |

Entre uma reunião e outra, a ministra Izabella Teixeira disse hoje (8) de que as negociações sobre a segunda vigência do protocolo de Kyoto avançaram. As conversas com os países duraram até as 2h30 da manhã. Neste momento, Izabella está em uma reunião com o secretário-geral da ONU, Ban Kin-moon.

Acompanhe a cobertura completa da COP-16

“As negociações melhoraram com a Rússia e com o Japão. Vamos ser otimistas”, disse a ministra que lembrou mais uma vez estar com o mesmo sentimento que tinha em Nagoya, na Conferência do Clima, quando as negociações pareciam estar emperradas e “no final a gente ganhou”.

Brasil e Reino Unido foram designados para agir como facilitadores nas negociações sobre o segundo período do protocolo de Kyoto entre os mais de 190 países da Conferência do Clima em Cancún.

A segunda fase do protocolo de Kyoto é o tema importante nesta Conferência do Clima. O tratado, que expira em 2012, é o único acordo obrigatório sobre a redução das emissões. Ele exige que quase 40 países desenvolvidos reduzam suas emissões de gases do efeito estufa, em 5,2% entre 2008 e 2012. Colo Após este período, ainda não foi estipulado nenhum substituto ao protocolo.

Uma das opções dadas no rascunho de acordo apresentado no sábado em Cancún é o segundo período do protocolo de Kyoto. Porém, alguns países já se mostraram contra a alternativa. Já no segundo dia da Conferência em Cancún, Japão anunciou que recusava o segundo período. Logo depois, Canadá, Austrália e Rússia demonstraram querer fazer o mesmo.

    Leia tudo sobre: aquecimento globalcopcancun

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG