Negociação "avançou muito" em Durban, diz ONU

Christiana Figueres afirma que não recebeu notificação oficial do Canadá, Rússia e Japão sobre retirada formal do tratado

EFE |

EFE
Para Christiana Figueres a pergunta não é se vai haver um segundo período, mas o que será aprimorado
A secretária executiva da Convenção do Clima, Christiana Figueres, declarou nesta sexta-feira (2) que as negociações para renovação do Protocolo de Kyoto "avançaram muito" nos últimos dias.

"Nesta semana ficamos otimistas porque houve um progresso muito bom", afirmou Christiana em declarações à Agência Efe no Centro Internacional de Conferências (ICC) de Durban, que recebe a 17º Cúpula da ONU sobre Mudança Climática (COP17).

Assinado em 1997 e em vigor desde 2005, o Protocolo de Kyoto é o único tratado legalmente vinculativo que fixa obrigações aos países desenvolvidos para a redução de emissões de gases do efeito estufa.

No entanto, o primeiro período deste protocolo termina no final de 2012, e sua renovação, que deveria começar a ser aplicada a partir de 2013, ainda não foi confirmada.

"A pergunta não é se vai haver um segundo período, mas o que será aprimorado", afirmou Christiana.

Segundo Christiana, as decisões serão tomadas pelos ministros dos diversos países que participam do evento a partir do próximo dia 6, quando começam as reuniões de alto nível.

Leia mais sobre as negociações:
ONU vê possibilidade de acordo com pessimismo
Organização afirma que 2011 foi o ano de La Niña mais quente
Canadá diz que Protocolo de Kyoto é "coisa do passado"
União Europeia diz que pacto climático é insuficiente
China "não está otimista" sobre negociações climáticas

"Essa conversa ainda não está definida porque será um debate entre ministros. Porém, o fato de estarem debatendo como será desenvolvido o segundo período do protocolo já é um grande passo", declarou.

Questionada se Canadá, Rússia e Japão, países reticentes à assinatura do segundo período do Protocolo de Kyoto, solicitaram sua retirada formal do tratado, Christiana respondeu que não recebeu nenhuma notificação oficial.

Veja os infográficos:
Como acontece o aquecimento global
Quem são os maiores emissores

    Leia tudo sobre: mudança climáticaclimacop-17durbanonu

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG