México afirma que COP16 avança sem problemas de procedimento nas negociações

Representantes do país sede da conferência veem melhorias em relação a Copenhague

EFE |

México, anfitrião da 16ª Conferência da ONU sobre Mudança Climática (COP16), afirmou nesta quinta-feira que a reunião, da qual participam 25 mil pessoas, avança nas negociações sem problemas de procedimento.

Veja a cobertura completa da Conferência Climática da ONU em Cancún

O presidente do Instituto Nacional de Ecologia e um dos negociadores mexicanos, Adrián Fernández, explicou em entrevista coletiva que o México vê a COP16 "sem triunfalismos, mas com entusiasmo". Assinalou que ao contrário de outras Cúpulas de Mudança Climática, onde os negociadores criticavam a maneira de trabalhar, na reunião de Cancún ninguém está questionando o procedimento das negociações.

As conversas entre funcionários transcorrem até o próximo fim de semana, quando se incorporam os ministros do Meio Ambiente dos 194 países participantes. Um dos temas que ocupam os negociadores é a criação de um fundo verde para financiar países em desenvolvimento, algo sobre o que, segundo Fernández, é possível conseguir um acordo, mas não com todos os detalhes de sua composição. O fundo verde analisado em Cancún deveria estar dotado de US$ 100 bilhões anuais a partir de 2020, segundo o acordado em Copenhague, onde foi celebrada a COP15 no ano passado.

    Leia tudo sobre: aquecimento globalcopcancun

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG