Especialista da ONU pede 'Plano Marshall Verde' para Cancún

Olivier de Schuetter alerta que impacto das mudanças climáticas na agricultura pode ser desastroso

AFP |

AP
O presidente do México Felipe Calderón aciona turbina eólica que gerará energia para a Cúpula do Clima que acontece em Cancún
Um especialista em direitos humanos da ONU pediu nesta segunda-feira que a cúpula do clima em Cancún (México) lance um "Plano Marshall Verde" agrícola para contrabalançar o impacto do aquecimento global sobre a pobreza e a fome.

"As negociações que começam hoje, em Cancún, são cruciais para garantir o direito à alimentação a centenas de milhões de pessoas", disse o relator especial sobre o Direito à Alimentação da ONU, Olivier de Schuetter.

"Cancún deveria liderar um 'Plano Marshall Verde' para a Agricultura", acrescentou, alertando para o impacto "desastroso" das mudanças climáticas sobre a alimentação.

De Schuetter ressaltou que a agricultura é, ao mesmo tempo, vítima das mudanças nos padrões climáticos mundiais, e importante fonte de emissões de carbono, devido ao seu caráter intensivo e em escala industrial.

Cientistas do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) estimaram que as plantações dependentes de chuva poderiam ser reduzidas à metade entre 2000 e 2020, enquanto as regiões áridas e semiáridas avançariam entre 60 e 90 milhões de hectares.

Segundo o especialista da ONU, estes efeitos colocariam 600 milhões de pessoas a mais sob o risco da fome.

"Estas projeções são terríveis, mas as tentativas atuais de implementar a produção de comida com fertilizantes químicos e o desenvolvimento de plantações altamente mecanizadas em larga escala colocam a agricultura no caminho errado", alertou de Schuetter.

Segundo ele, a agricultura é responsável diretamente por 14% das emissões antropogênicas (causadas pelo homem) de gases causadores do efeito estufa, aumentando em um terço o dióxido de carbono produzido pelo desmatamento para dar lugar a plantações e pastages.

De Schuetter sugeriu que um "Plano Marshall Verde" deveria ajudar a mudar o foco da agricultura em escala industrial para permitir uma produção de baixo carbono atrelada às necessidades de comunidades rurais e pequenos proprietários.

    Leia tudo sobre: aquecimento globalcopcancun

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG