Código Florestal dá ao Brasil prêmio de "fóssil do dia" na COP

ONG ambiental critica país por pedir avanço nas negociações da COP, enquanto vota a nova legislação no Congresso Nacional

iG São Paulo |

Divulgação
ONG escolhe, todos os dias da COP, o país que mais atrapalhou nas negociações climáticas
O Brasil foi nomeado hoje (2), em Durban, o “fóssil do dia”, tipo de premiação promovida pela Climate Action Network (CAN) que escolhe em cada dia da Conferência do Clima o país que fez o seu “melhor” para bloquear o progresso das negociações da COP. De acordo com os jurados, o Brasil ganhou o prêmio por causa da votação do novo Código Florestal, no Congresso brasileiro. No pódio do "fóssil do dia", o Brasil foi acompanhado da Nova Zelândia, em segundo lugar, do Canadá.

“O que o Brasil vem pedir aqui, se dentro de casa a nova lei cria oportunidade para que as emissões de gases do efeito estufa sejam muitas vezes mais elevadas que o que é emitido hoje pelo país”, diz o comunicado.

Leia mais sobre as negociações:
ONU vê possibilidade de acordo com pessimismo
Organização afirma que 2011 foi o ano de La Niña mais quente
Canadá diz que Protocolo de Kyoto é "coisa do passado"
União Europeia diz que pacto climático é insuficiente
China "não está otimista" sobre negociações climáticas

De acordo com a CAN, caso a nova lei brasileira seja aprovada, “será um desastre para as florestas do Brasil, para o clima, para os índios , para a defesa da biodiversidade e principalmente os serviços ambientais”.

Esta é a primeira vez que o Brasil é nomeado o “fóssil do dia”. A CAN promove a votação desde 1999, nas negociações climáticas em Bonn, na Alemanha.

Veja os infográficos:
Como acontece o aquecimento global
Quem são os maiores emissores

    Leia tudo sobre: copdurbancan

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG