Ban Ki-moon pede novo acordo contra mudança climática

Em Bangcoc, secretário-geral da ONU usou inundações ocorridas na Tailândia como exemplo para pedir urgência de novo compromisso

EFE |

Em entrevista coletiva em Bangcoc, o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, pediu nesta quarta-feira (16) aos governos que assinem um novo compromisso para a luta contra a mudança climática na próxima conferência do clima, que ocorrerá na África do Sul no fim de novembro.

"Peço aos líderes que abordem a mudança climática com urgência", afirmou o chefe da ONU à imprensa depois de reunir-se com a primeira-ministra tailandesa, Yingluck Shinawatra, cujo Governo continua lutando contra as enchentes que afetam 22 províncias do país.

Ban está na Tailândia com o objetivo de visitar os locais atingidos pelas inundações, que já causaram 564 mortes e deixaram mais de 5 milhões de afetados.

O líder da ONU usou o desastre como exemplo para pedir aos Governos que estabeleçam um novo compromisso contra a mudança climática durante a conferência sobre o clima a partir do dia 28 de novembro na cidade sul-africana de Durban.

Leia maisnotícias sobre acordo climático:
União Europeia mantém proposta de metas mais rígidas para reduzir emissões
Fundo climático segue emperrado poucos dias antes de cúpula da ONU
Planeta está longe de mitigar mudanças climáticas, alerta estudo
México faz apelo a EUA e China sobre acordo climático
Cancún chega a acordo vago e com pendências
Veja cobertura do iG na Cop-16

Em seu discurso, o secretário-geral elogiou a maneira como o Executivo tailandês está lidando com as enchentes, as piores das últimas cinco décadas, e demonstrou solidariedade a um possível pedido de assistência da Tailândia para ajudar à reconstrução do país.

A água já começou a baixar nas províncias centrais e na capital, mas as autoridades continuam atentas para drenar os milhões de metros cúbicos contidos por barreiras de cimento e sacos de areia.

As chuvas, que obrigaram milhares de pessoas a viver em abrigos provisórios, começaram em julho com o transbordamento de rios e pântanos no norte da região central por causa das chuvas fortes das monções e de três tempestades tropicais seguidas.

Leia mais sobre inundações na Tailândia:
Tailândia transfere presos e impõe racionamento
Ásia está em perigo por efeitos da mudança climática
Tailândia decreta feriado para facilitar fuga de enchentes
Enchentes na Tailândia devem durar um mês
Premiê defende atuação do governo contra enchentes

    Leia tudo sobre: mudanças climáticasaquecimento globalcop-17durban

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG