Propostas de Copenhague superam limite de aquecimento recomendado pela ONU

COPENHAGUE - Uma análise confidencial da ONU revela que os cortes de emissão oferecidos até agora na 15ª Cúpula da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP15), em Copenhague, farão com que as temperaturas globais aumentem a uma média de 3ºC, revelou nesta quinta-feira o jornal britânico Guardian.

iG São Paulo |

O índice supera a sugestão do IPCC (painel do clima da ONU) de que o aquecimento global seja limitado a menos de 2ºC até o fim do século. Segundo o IPCC, um aumento superior dificultaria a adaptação da humanidade e dos ecossistemas. Para isso, as emissões globais precisariam cair entre 20% e 45%.

A análise seriamente põe por terra as declarações dos governos de que seu objetivo é limitar as emissões a um nível que impeça um aumento superior, até 2100, de não mais de 2ºC.

Um aumento de 3ºC significaria que mais 170 milhões de pessoas sofreriam com inundações nas regiões costeiras e 550 milhões estariam sob risco de passar fome, de acordo com dados do governo britânico. O índice também deixaria 50% das espécies sob risco de extinção.

O documento confidencial da ONU, com data de terça-feira, foi elaborado durante a Conferência de Copenhague. Nele havia carimbos de "não distribua" e "esboço inicial".  

Leia mais sobre Conferência de Copenhague

    Leia tudo sobre: climacopenhaguemudança climática

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG