O presidente da Bolívia, Evo Morales, pediu hoje que os países industrializados paguem para países em desenvolvimento bilhões de dólares em reparações ligadas às mudanças climáticas em razão do impacto de décadas de poluição. Reclamando dos Estados Unidos e de outros países ricos, o líder boliviano disse que vai pedir formalmente que a Organização das Nações Unidas (ONU) crie um tribunal de justiça climática para processar países que não tomarem medidas suficientes para diminuir a poluição.

Evo, um ex-líder sindical conhecido por seus ataques contra o capitalismo, disse que é "vergonhosa" a oferta de recursos oferecida pelos países industrializados para ajudar as nações em desenvolvimento a lidar com os efeitos das mudanças climáticas. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.