Como previsto, debate em GO inicia com acusações

Desde o primeiro instante, Iris e Marconi partem para o ataque e deixam de lado propostas para o Estado

Rodrgo Viana, iG Goiânia |

Desde a primeira pergunta do debate, os candidatos Iris Rezende (PMDB) e Marconi Perillo (PSDB) começaram se atacar e deixaram de lado as propostas.

Marconi trouxe à tona a operação da PF contra um instituto ligado ao PMDB, deflagrada nesta madrugada e a distribuição de panfletos apócrifos na internet.

Iris voltou ao tema do déficit de R$ 100 milhões mensais do estado e não cumprimento dos 12% para a Educação na gestão tucana.

Os ânimos também se elevaram quando Marconi acusou Iris de não cumprir com a promessa de resolver o problema do transporte público.

Iris respondeu afirmando que o tucano só andava de helicóptero.

As denúncias e justificativas ocuparam todo o tempo e os temas sorteados foram esquecidos.

A Saúde também foi explorada nos ataques.

Iris afirmou que o adversário deixou hospitais inacabados, Marconi retrucou afirmando que o peemedebista não construiu um hospital sequer nas duas vezes em que foi governador.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG