Comitê quer ampliar vantagem de Marconi

Estratégia do PSDB nos últimos dias é garantir votos em regiões onde a aceitação do tucano é maior

Rodrigo Viana, iG Goiânia |

Nos últimos três dias de campanha, a coligação ‘Goiás Quer Mais’, de Marconi Perillo (PSDB) vai procurar garantir os votos do tucano ao invés de correr em regiões de menor aceitação.

“É mais fácil aumentar a expectativa de votos onde há uma grande vantagem. Preferimos fazer ações onde o candidato está bem”, explicou o coordenador da campanha Antônio Faleiros.

Segundo pesquisa Serpes no segundo turno, Marconi tem maior vantagem sobre Iris Rezende nas regiões do Entorno de Brasília (61,2% a 30%) e região noroeste do estado (57,5% a 40%).

A única região em que Iris ultrapassa o tucano é na capital (50,2% a 46,2%), mas por ser o maior colégio eleitoral do Estado, a campanha também se concentra em Goiânia.

Segundo ele, o candidato pretende diversificar o itinerário ao promover caminhadas e carreatas no interior durante o dia e reuniões à noite na região metropolitana.

Os programas eleitorais também passam a deixar a característica de apresentar propostas por setor e passam a divulgar a síntese de todas as promessas de campanha.

Na internet, a campanha de Marconi foca no lema "Não troque 4 dias de feriado por 4 anos", pra evitar que servidores públicos deixem de votar.

Marconi Perillo é mais aceito na categoria que Iris Rezende, fato que já rendeu discussões nos debates.

Por isso, o decreto do governador que institui o feriado do funcionário público na sexta-feira (29) e ponto facultativo na segunda (1º) pode atrapalhar os votos para o tucano.

Aliados de Marconi chegaram a criticar o decreto como político, já que Alcides Rodrigues apoia Iris Rezende.


    Leia tudo sobre: Eleições GOEleições Marconi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG