Comissário europeu pede ativação da ajuda à Grécia ainda hoje

Bruxelas, 2 mai (EFE).- O comissário de Assuntos Econômicos e Monetários europeu, Olli Rehn, pediu aos ministros de Finanças da zona do euro que ativem ainda hoje o pacote de empréstimos à Grécia.

EFE |

Bruxelas, 2 mai (EFE).- O comissário de Assuntos Econômicos e Monetários europeu, Olli Rehn, pediu aos ministros de Finanças da zona do euro que ativem ainda hoje o pacote de empréstimos à Grécia. "Ontem chegamos a um acordo de consolidação fiscal e de apoio à Grécia. É muito importante e a base de um programa que o primeiro-ministro anunciou hoje. Confio em que o Eurogrupo e os Estados do euro apoiem hoje o programa e vou recomendar ao Eurogrupo que ative o mecanismo hoje", disse o comissário em Bruxelas. "Temos que assegurar que a decisão será tomada hoje", insistiu Rehn pouco antes da reunião com representantes dos países do euro. O comissário é um dos principais responsáveis pela avaliação que a Comissão Europeia (órgão executivo da UE) e o Banco Central Europeu (BCE) realizaram para determinar se, efetivamente, chegou o momento de ativar a ajuda estipulada pelos países da zona do euro e do Fundo Monetário Internacional (FMI). No entanto, a Presidência da UE, exercida pela Espanha, já disse ser pouco provável que os ministros de Finanças deem o apoio definitivo à ativação do empréstimo hoje, antes de superar trâmites parlamentares ao longo da semana em países como Alemanha, Bélgica e a própria Grécia. O sinal verde definitivo pode chegar numa reunião de líderes europeus, possivelmente entre 7 e 10 de maio. A contribuição europeia ao empréstimo conjunto do FMI e da zona do euro à Grécia superará amplamente os 30 bilhões de euros prometidos para 2010. Vários ministros apontaram uma quantia total de entre 100 e 120 bilhões de euros para o período 2010-2013. EFE mgs/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG