Ivan Lessa: Mais notícias do bairro

O que sai nos três jornais do Real Bairro de Kensington & Chelsea

BBC Brasil |

selo

Vai se levando aqui no Real Bairro de Kensington & Chelsea. Somos 160 mil pessoas espalhadas em 12 km² e 17 distritos, sendo que pertenço ao de South Kensington.

Isso me dá direito a pagar o equivalente a um razoável imposto predial, ter um belo comércio lá fora, caso eu fosse homem de ir "lá fora", e receber uns 3 jornais, 1 semanal e 2 mensais, dedicados exclusivamente às coisas do bairro de sangue azul.

Nada de outonos ou primaveras árabes, corrupção nas altas esferas do governo ou notícias das guerras no Afeganistão e no Iraque. Leio de cabo a rabo, metódico e pouco original que sou, cada um deles.

Detenho-me às vezes nos anúncios classificados que abundam, ou coalham, o Kensington & Chelsea Chronicle, meu favorito dos 3. Remetem-me ao velho Jornal do Brasil onde desde a primeira página, à maneira do antigo The Times, já se vinha anunciando coisas sérias, como carro de segunda mão, ou eufemismos beirando a canalhice, feito "precisa-se de empregada de boa aparência", código do JB, ou seus anunciantes, para dizerem que preferiam ancilas brancas.

O Times estava noutra. Era fácil neles captar dos ingleses as excentricidades que se foram ("troco periquito azul por amarelo"), sempre cercadas das agruras habituais do mundo em corpo grande. Talvez a mais famosa manchete de primeira página do Times tenha sido a sempre citada, "Pequeno terremoto no Chile. Poucos feridos". Ô tempo bão, sô! Já falei antes, aqui neste espaço mesmo, sobre jornais do bairro.

Esta semana, na quarta-feira, chegou exemplar novo do Chronicle. Devorei como devorei na terça 'O Anão e a Ninfeta', o mais recente livro do imenso Dalton Trevisan que uma alma boa me enviou. Não farei crítica do livro do escritor curitibano, que eu não tenho gabarito para isso (apenas emudeço de admiração), nem relatório do jornal local.

Limito-me a dar uns destaques deste último que me saltaram aos olhos cansados de serem obrigados a saber de massacre de cristãos coptas no Egito ou atriz levando chibatada no Irã.

A manchete de primeira página é um escândalo. Especulações sobre a possibilidade de acabarem com o carnaval de Notting Hill, que eles gostam de proclamar como "o segundo maior do mundo" (adivinhem quem é o primeirão?).

Logo na página seguinte, uma nota policial que poderia dar em romance: uma senhora aposentada de 83 anos foi julgada culpada de lavagem de dinheiro. Depositou em dinheiro vivo, num dia, sem explicar a origem, 122 mil libras, ou seja, mais de US$ 190 mil.

O Cadogan Hotel, em Sloane Street, que fica bem em frente ao colégio em que minha filha estudou e onde uma vez se hospedou Fernando Sabino, que teve o prazer de me receber para contar seus casos e causos, e, juntos, rirmos, foi aclamado na Croácia como o hotel boutique (moda besta essa) mais luxuoso do mundo.

No Cadogan foi preso, no quarto 118, em 1895, o beletrista Oscar Wilde, acusado e julgado culpado de "nefandas abominações", nenhuma delas, creio, tipo boutique ou ao gosto do Sabino. Os croatas, tudo indica, sabem das coisas.

Agora em novembro vai se realizar o Terceiro Festival de História, ao qual comparecerão historiadores contemporâneos de alto nível, como Max Hastings, Simon Sebag Montefiore e Norman Davies para lecionar e discutir aspectos mais instigantes da disciplina que escolheram para estudar e divulgar. Não, nada de folclores tipo Paraty com ipsilone.

Ah, sim. Se terá lugar ou não, em algum distrito ou bairro local, um desfile de Orgulho Gay, o jornal preferiu - perdão, leitores - enfiar o galho dentro. E patati e patatá, coisa e tal. Nas páginas dos classificados, interessei-me por uma coleção de LPs dos anos 50, mas preciso de mais detalhes.

Orgulhoso e de peito estufado, aspirando fundo, até onde consigo, fiquei foi com o anúncio de uma página inteira que nos informa a nós, kensington-chelseanos, que, segundo dados oficiais, as ruas daqui atingem 98% do índice de limpeza nacional - eu disse nacional - estando mais limpas do que nunca.

    Leia tudo sobre: Ivan Lessa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG