Prorrogação será crucial para tentativa de exposição

Os senadores Ataídes Oliveira (PSDB-TO) e Ronaldo Caiado (DEM-GO) já cogitam, nos bastidores, prorrogar os prazos da recém-instalada CPMI da JBS-BNDES na qual ocupam os postos de presidente e vice-presidente, respectivamente. Deputados e senadores que disputarão a reeleição entram na onda.

A CPMI tem prazo de para 12 de fevereiro de 2018. Como a maioria das CPIs, poderá ser prorrogada e adentrar o primeiro semestre de 2018 – às vésperas da campanha de Ataídes para o Governo de Tocantins e de Ronaldo Caiado se lançar candidato à Presidência.

Pelo volume de requerimentos e denúncias que se propõe a investigar, a CPMI da JBS-BNDES já é comparada à CPI dos Bingos (2005/06), chamada “Fim do Mundo”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.