Julho é praxe de viagens de famílias dos congressistas

Não há negociatas ou articulações – do Palácio e da oposição – no adiamento da votação do processo do presidente Michel Temer para agosto no plenário da Câmara Federal.

A grande maioria dos deputados e chefes de gabinetes já tinham viagens marcadas com suas famílias.

É só o descanso de praxe de todo julho. Deputados consultados pela Coluna apontaram o perigo de até ‘perderem seus casamentos’.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.