Ao menos 26 deputados na CCJ respondem a ações ou já foram condenados

CCJ da Câmara rejeitou parecer que recomendava admissibilidade da denúncia contra Michel Temer
Wilson Dias/Agência Brasil - 13.7.17
CCJ da Câmara rejeitou parecer que recomendava admissibilidade da denúncia contra Michel Temer

Vinte e seis dos 40 deputados da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal que votaram contra a admissibilidade do pedido de abertura de processo contra o presidente Michel Temer respondem ou já foram condenados por algum crime comum ou eleitoral.

Por outro lado, dos 25 que se posicionaram favoráveis à denúncia, apenas seis têm dívidas com a Justiça.

Para citar dois exemplos, o líder do Governo na Câmara, André Moura (PSC-SE), e o deputado da tropa de choque Darcísio Perondi (PMDB-RS) aparecem como alvos de processos sobre improbidade com dano ao erário e crimes contra lei de licitações.

Temer também contou com o voto do deputado Paulo Maluf (PP-SP), recentemente condenado à prisão por lavagem de dinheiro... na França.

Leia também: Primeiro índio vereador de Porto Seguro luta por inclusão social

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.