Antes da denúncia, era Aécio quem ajudava ministro a angariar apoio

Até a bomba cair sobre sua cabeça, o senador (agora afastado) Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB (agora licenciado) trabalhava com o ministro Antonio Imbassahy (PSDB), da articulação política, para fechar questão na bancada na Câmara para apoiar a reforma da Previdência.

O saldo é ruim para o tucanato junto ao Palácio. Pelo menos 19 dos 47 deputados do PSDB estão dispostos a votar contra as mudanças nas regras de aposentadoria.
Se ainda houver reforma.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.