Palácio nega que ele tenha relação com o presidente

Planalto diz que o pedido feito por advogado não partiu do presidente Michel Temer
Reprodução
Planalto diz que o pedido feito por advogado não partiu do presidente Michel Temer

Um pedido de Habeas Corpus contra eventual prisão foi protocolado no fim do Supremo Tribunal Federal a favor do presidente da República, Michel Temer, que se vê envolto em denúncias nos áudios da delação de Joesley Batista, da JBS, junto ao MP Federal.

Leia também: Votos do PSDB pulverizam e não garantem apoio a reforma

O pedido é de um advogado chamado Samuel José Orro Silva, mas a assessoria do Palácio do Planalto nega que ele represente o presidente Temer , e afirma que não partiu do Palácio ou do próprio presidente qualquer decisão neste sentido.

O processo, já distribuído, caiu nas mãos do ministro José Roberto Barroso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.