Defeito congênito fez com que animal fosse maltratado por antigo dono. Grupo de proteção animal encomendou prótese humana adaptada

selo



Nos Estados Unidos, um pequeno cavalo que nasceu sem parte de uma pata traseira recebeu uma prótese.

O animal de quatro anos, chamado Midnite, foi confiscado pela polícia do antigo dono, que o submetia a maus-tratos.

Os donos atuais, de um grupo que cuida de cavalos em perigo no Estado do Texas, no sul do país, chegaram a temer que o animal precisasse ser sacrificado. Mas eles foram até uma empresa que faz próteses humanas e pediram uma adaptação.

A expectativa agora é de que Midnite possa viver até cerca de 25 anos de idade, tendo uma vida normal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.