Tripulação do Atlantis enfrenta pedidos inusitados

Equipe que finalizará o programa de ônibus espaciais da Nasa conta como está lidando com o nervosismo pré-viagem

iG São Paulo |

AP
Tripulação do voo final do Atlantis revem procedimentos em unidade de treinamento em Houston
Os quatro astronautas designados para o voo final do programa de ônibus espaciais da Nasa não conseguem escapar da atenção generalizada.

A menos de uma semana do lançamento do Atlantis, a tripulação afirmou nesta semana que estão recebendo todo tipo de pedidos. Parentes, conhecidos e grupos pedem por ingressos para ver o lançamento e todo mundo parece que quer mandar algo de seu ao espaço com eles.

“As pessoas procrastinam, certo? Você sempre quis ver o lançamento de um ônibus espacial, e de repente, este é o último”, disse Sandra Magnus, em uma entrevista à AP. “Mas é bacana ver todo este entusiasmo”.

Em uma coletiva de imprensa na quinta-feira (30), o comandante Christopher Ferguson afirmou que havia tanta comoção a respeito desta última missão que ele mal podia esperar o início da quarentena. As tripulações sempre ficam no Johnson Space Center em Houston uma semana antes do lançamento para evitar contaminação por germes.

Ferguson e sua equipe viajam na segunda-feira (4) ao Kennedy Space Center, na Flórida, onde continuarão na quarentena. O voo está marcado para às 12h26 (horário de Brasília) da próxima sexta-feira (8) para uma missão de 12 dias na Estação Espacial Internacional.

Ferguson disse que vai usar a quarentena para refletir, escrever algumas anotações e fazer tudo que não foi possível na animação do período pré-missão. “Estou ansioso por um pouco de tranqüilidade,” afirmou aos repórteres.

Até mesmo a coletiva pré-lançamento, um evento bastante corriqueiro, esteve mais cheia que de costume. Ferguson até gravou um vídeo de meio minuto com seu celular, para registrar a ocasião.

O comandante afirmou que apesar do programa estar acabando, ele não está esperando por nenhum adiamento que possa estender o momento. “São apenas oito dias, parece tão final,” dsse. “Estamos prontos, já estamos treinados”.

AP
Astronautas autografam ursinhos comemorativos da última missão do Atlantis
O copiloto Douglas Hurley afirmou que os astronautas têm a parte mais fácil, que é sentar na nave e pilotá-la. “Nossos amigos e familiares é que ficam com a parte difícil”.

Já o tripulante Rex Walheim afirmou que a equipe foi bombardeada por pedidos de ingressos para ver o lançamento de dentro do Kennedy Space Center. Cada astronauta teve direito a 330 passes para distribuir como quisesse.

Astronautas veteranos também fizeram pedidos, assim como crianças doentes. Além da família, amigos, colegas de trabalho, e até conhecidos. Walheim disse que não foi fácil, mas ele tentou ser justo.
A Nasa estima o número de convidados no centro espacial no dia do lançamento em 45.000 pessoas. Fora dos portões, serão 500.000 a 700.000 pessoas, que poderão causar congestionamentos nas estradas mais próximas. “Esperamos que o lançamento aconteça sem problemas, na primeira vez, então as pessoas só terão que enfrentar o trânsito uma vez”, riu Sandra.

Os astronautas também tiveram que ser mais criteriosos sobre quais objetos pessoais eles levariam neste último voo. Eles não poderiam levar tudo que foi pedido, então estão se mantendo aos típicos medalhões, bandeiras, pequenas joias, etc.

O voo do Atlantis à Estação Espacial, com uma carga de alimentos e outros suprimentos, será o 135º voo do ônibus espacial.

O plano de aposentar os três ônibus espaciais remanescentes foi feito há sete anos, um ano depois da tragédia do Columbia, a fim de que a Nasa pudesse se focar em expedições ao espaço sideral. O objetivo é mandar astronautas a Marte ou a um asteroide, enquanto empresas privadas se encarregam do transporte de cargo e tripulação à Estação Espacial.

“Doi deixar o ônibus espacial”, afirmou Ferguson. “Mas nós entendemos que para ir mais adiante, precisamos parar com isso por um tempo”.

(Com informações da AP)

    Leia tudo sobre: nasaônibus espacialatlantis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG