Nave russa com três astronautas a bordo passou 159 dias no espaço

Nave Soyuz, com três astronautas a bordo, aterrissou no Cazaquistão
EFE
Nave Soyuz, com três astronautas a bordo, aterrissou no Cazaquistão

A nave russa Soyuz TMA-20, com três tripulantes a bordo, aterrissou com normalidade nos estepes do Cazaquistão às 22h27 da hora local (23h27 de Brasília), após uma viagem de cinco meses, informou a Agência Espacial Americana (Nasa) em comunicado.

A Soyuz TMA-20, tripulada por Dmitri Kondratiev (russo e comandante da nave), Catherine Coleman (americana) e Paolo Nespoli (italiano), havia sido lançada ao espaço em 15 de dezembro a partir da base de Baikonur, no Cazaquistão.

Segundo a Nasa, Kondratiev voltará ao Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin, na chamada Cidade das Estrelas, próxima a Moscou, enquanto Coleman, astronauta da Nasa, e Nespoli, da Agência Espacial Europeia, voarão diretamente a Houston (Estados Unidos).

Os três tripulantes passaram 159 dias no espaço, 157 deles na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), e durante sua missão trabalharam em mais de 150 experimentos em condições de microgravidade. Dos três astronautas, a mais veterana é Catherine Coleman (50 anos), com três viagens espaciais, seguida de Nespoli (53 anos), com duas, e Kodratiev (41 anos), que teve sua primeira experiência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.