Sonda americana Epoxi verá de perto cometa Hartley 2

Equipamento tentará fotografar núcleo do cometa e estudar sua composição e topografia

AFP |

NASA
A ilustração mostra como será o encontro da sonda com o cometa Hartley 2
A sonda americana Epoxi prepara-se para roçar na quinta-feira o cometa Hartley 2, ao viajar a apenas 700 km de distância de seu núcleo, indicaram nesta quarta-feira os responsáveis pela missão no site da Nasa.

"Será a quinta vez na história que uma nave se aproxima o suficiente de um cometa para tirar fotos de seu núcleo", afirmou a agência espacial americana.

A passagem de Epoxi (Observação Planetária Extrasolar e Investigação Estendida Impacto Profundo) perto de Hartley 2, após uma viagem de dois anos e meio, ocorre às 14H02 GMT (12H02 de Brasília).

A sonda, equipada com câmeras e outros instrumentos de medição, passará ao lado do cometa após uma viagem equivalente a 18 vezes a distância entre a Terra e o Sol.

Sua missão é observar a temperatura de Hartley 2, medir seu tamanho, criar um modelo de seu núcleo, estudar a distribuição de gases e poeira, catalogar os diferentes compostos voláteis, tirar fotos da superfície do núcleo e registrar a forma como as crateras são distribuídas.

Hartley 2, um pequeno cometa descoberto por Malcolm Hartley em 1986 com ajuda de um telescópio Schmidt do observatório de Siding Spring, na Austrália, passa entre a Terra e o Sol a cada 6,46 anos.

O cometa, com sua calda verde, se aproximou no dia 20 de outubro a 18 milhões de km da Terra, o mais próximo que pode chegar.

    Leia tudo sobre: cometasespaçonasa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG