Instrumentos de pedra de dois mil anos foram encontrados durante obras da Sabesp em Sarapuí

selo

Instrumentos de pedra que podem ter sido fabricados há dois mil anos pelos habitantes pré-históricos foram resgatados na área em que será construída uma estação elevatória de esgotos, em Sarapuí (SP), que fica a 150 quilômetros da capital. O material foi encontrado durante o estudo ambiental para a obra da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

Leia mais:
Apreendido material arqueológico negociado pela internet



De acordo com o arqueólogo Wagner Gomes Bornal, que dirigiu a parte arqueológica do estudo, as pontas de flechas e materiais cortantes esculpidos na sílica, uma rocha dura, estavam cerca de um metro abaixo de outro sítio contendo restos de cerâmica indígena. Alguns apetrechos tinham o corte serrilhado, indicando a habilidade de seus artesãos, bem como alguns de seus hábitos, como o da caça.

Ele diz acreditar que o local abrigou várias tribos em diferentes épocas. No segundo sítio, havia também vestígios de fogueira. As peças recolhidas foram enviadas para análise. Restos de carvão foram enviados a laboratórios no exterior para o teste do carbono capaz de revelar a idade do sítio. O laudo sai em 60 dias. De acordo com Bornal, as ferramentas foram possivelmente usadas pelos povos nômades e caçadores que viveram na região num passado que pode chegar a três mil anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.