Satélite da Nasa não consegue entrar em órbita após decolagem

Falha em capa protetora impediu que foguete atingisse velocidade necessária para entrar em órbita

iG São Paulo |

O satélite de observação terrestre Glory, construído pela Nasa, não conseguiu entrar em órbita nesta sexta-feira (4) devido a uma falha de sua capa protetora, que não se desprendeu após o lançamento como era previsto, explicou a agência espacial americana.

Após o lançamento, a cobertura de proteção sobre o foguete Taurus XL não se separou dentro dos três minutos planejados. A Nasa não deu maiores detalhes sobre a falha, mas deve realizar uma coletiva de imprensa nesta sexta para explicar o que aconteceu.

"A carenagem não se separou e o veículo não atingiu a velocidade suficiente (...) para alcançar a órbita", indicou um porta-voz da Nasa, acrescentando que os cientistas ainda não sabem explicar o que provocou a falha.

O lançamento do satélite - cuja função era medir a quantidade de aerossóis presente na atmosfera terrestre, ajudando os pesquisadores a compreender seu impacto sobre o clima - havia sido adiado para 23 de fevereiro depois de um problema técnico nos controles de solo.

(Com informações da Reuters e da AFP)

    Leia tudo sobre: MUNDOESPACOSATELITEORBITA

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG