Satélite da Nasa cai no Pacífico após lançamento

Foguete, que custou R$ 697 milhões, não desprendeu corretamente satélite de observação Glory

EFE |

O satélite de observação espacial Glory, lançado nesta sexta-feira (4) nos Estados Unidos, não se soltou corretamente do foguete Taurus que o levava, nem conseguiu atingir a órbita, e ambos caíram no oceano Pacífico pouco depois do lançamento, informou a Nasa.

O foguete decolou às 10h09 GMT (7h09 de Brasília) da Base Vandenberg, da Força Aérea na Califórnia, mas seis minutos mais tarde o diretor de lançamento, Omar Baez, disse que havia um problema na operação.

Os primeiros dados apontavam para uma falha na peça que protegia a parte superior do foguete, cujo projeto custou US$ 424 milhões (R$ 697 milhões).

A missão do Glory era proporcionar dados de alta precisão sobre as partículas atmosféricas conhecidas como aerossois e a radiação solar para a elaboração de modelos e a previsão de mudanças no clima da Terra.

Os aerossois e a energia solar afetam o balanço energético do planeta, já que influem tanto na quantidade de energia que entra como a que sai da atmosfera terrestre.

A medição precisa destes impactos é importante para antecipar as mudanças no clima da Terra e como elas podem afetar a vida humana.

    Leia tudo sobre: espaçonasaglory

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG