Robô chinês monitora desmatamento na floresta

Inspirado na fisiologia das lagartas, o Treebot escala árvores e usa câmeras para acompanhar incêndios e crimes ambientais

Reuters |

Divulgação
O Treebot pode carregar até quase dois quilos de peso enquanto escala uma árvore
Inspirado em pequenas lagartas, o Treebot pode ser a nova solução da China para a preservação ambiental.

O robô escala árvores com suas pernas aracnídeas e é equipado com uma câmera para localizar qualquer perigo para a floresta entre as folhas. Seu corpo segmentado permite que ele passe por galhos complexos e faça curvas.

Xu Yangsheng, professor da Universidade Chinesa de Hong Kong, afirmou que a natureza deu a ele a ideia para a criação.

"Eu costumava observar como as lagartas escalam árvores e gosto muito dessa ideia", disse.

"Acho que devemos desenvolver um robô para monitorar a situação na floresta, especialmente agora que há muitos incêndios e desastres ambientais acontecendo em áreas florestais", afirmou.

A câmera do Treebot transmite imagens em tempo real e pode ser ligada a uma célula de energia solar, de modo que não precisaria interromper seu trabalho para recarregar. E embora ele pese apenas 600 gramas, pode carregar três vezes o seu peso.

Leia mais sobre novos robôs:
Americanos criam robô-lagartixa

Androide permitirá exploração à distância de planetas e Lua
Agilidade das lagartas é reproduzida em novo robô de resgate
Robôs aprendem a dividir e provam teoria biológica
Pesquisadores conseguem fazer robôs mentirem

"Ele pode escalar diferentes tipos de árvores: superfícies lisas, ásperas e seguir diferentes direções, grandes ou pequenas. Além disso, ele pode, automaticamente, se agarrar a galhos, então sua mobilidade é boa", disse Xu.

O robô ainda precisa de algum refinamento --a câmera não funciona bem sob luz fraca e ele tende a escorregar quando as árvores estão molhadas-- mas Xu disse que o potencial é óbvio e ele espera que, em breve, o robô esteja escalando árvores ao redor do mundo.

    Leia tudo sobre: robóticaanimaismeio ambiente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG