Quase 100 anos depois de naufrágio, "Titanic" terá mapa em 3D

Equipe usará câmeras e sonares para mapear uma área de 16 quilômetros quadrados. Resultado será exibido ao público

EFE |

© AP
Foto submarina de parte da proa do Titanic, que está no fundo do Atlântico Norte
Uma expedição que começa dentro de um mês vai elaborar um mapa tridimensional do navio "Titanic", cujo naufrágio está perto de completar um século, informou hoje a imprensa americana. A empresa RMS Titanic, que pagará pela expedição submarina, anunciou que a empreitada irá durar 20 dias e levará os equipamentos de tomada de imagens a mais de três mil metros de profundidade.

O naufrágio do luxuoso transatlântico - anunciado como "insubmergível" em sua partida, no dia 10 de abril de 1912 em Southampton, Inglaterra - ocorreu após sua colisão com um iceberg durante sua viagem inaugural, matando 1.522 pessoas.

Com as imagens recolhidas no local da tragédia, descoberto há 25 anos, a equipe criará um mapa tridimensional da embarcação que, eventualmente, será mostrado ao público. A expedição usará câmeras e sonares para inspecionar uma área de quase 16 quilômetros quadrados na qual estão dispersos os restos do navio. A equipe começará suas tarefas no dia 18 de agosto, dia em que sairão da cidade canadense de St. John.

Há três semanas, o cineasta James Cameron afirmou que a versão 3D do filme "Titanic" (1997), dirigido por ele e vencedor de 11 Oscars, estará pronto no centenário do naufrágio, em 2012. Cameron fez o anúncio durante a comemoração dos 100 anos da atriz Gloria Stuart, narradora da história de amor do filme.

    Leia tudo sobre: titanicicebergtransatlânticosnaufrágios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG