Primeira sonda europeia com destino a Mercúrio será lançada em julho de 2014

Missão Bepicolombo mapeará o planeta e examinará sua amosfera e campo magnético

EFE |

A Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) anunciou nesta quinta-feira a assinatura de um acordo para que o consórcio Arianespace lance em julho de 2014 a sonda BepiColombo, primeira missão europeia a Mercúrio, onde chegará seis anos depois para elaborar diferentes mapas sobre do planeta.

A missão conjunta da ESA e da Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial (Jaxa, na sigla em inglês) será composta por dois módulos que navegarão em órbitas distintas ao redor do planeta, o Orbitador Planetário de Mercúrio (MPO), de tecnologia europeia, e o Orbitador da Magnetosfera de Mercúrio (MMO), desenvolvido pela agência japonesa.

A sonda, construída pela Astrium GmbH, será lançada em julho de 2014 a bordo do foguete Ariane 5 do centro espacial europeu de Kuru, na Guiana Francesa, para realizar um "estudo exaustivo do planeta Mercúrio.

Os sensores da BepiColombo mapearão Mercúrio em diferentes longitudes, o que definirá sua estrutura geológica e a composição de suas crateras.

A BepiColombo servirá, além disso, para elaborar um plano magnético de Mercúrio, estudar sua exosfera (uma das camadas da atmosfera), a composição de seus pólos e fazer experiências relacionadas à teoria da relatividade.

De acordo com o calendário, a sonda euro-japonesa chegará antes da Merkuri-P russa, cujo lançamento está previsto para 2019, propulsada por um foguete Soyuz.

No entanto, a Nasa está à frente dos europeus, japoneses e russos, já que sua sonda Messenger, lançada em 2003, já estuda a superfície do menor planeta do sistema solar. EFE jaf/ms/mm

    Leia tudo sobre: europaespaçomercúrio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG