Pesquisadores criam novo método para conseguir invisibilidade

De acordo com estudo do Imperial College de Londres, fibras de silício poderiam capturar luz refletida e ocultar ação

AFP |

Mais poderosa que a capa da invisibilidade para esconder um objeto do olhar humano, pesquisadores britânicos acreditam ser possível manipular a luz para ocultar uma ação completa, no tempo e no espaço.

Uma equipe de pesquisadores do Imperial College de Londres já havia demonstrado que os "metamateriais", cuja superfície nanométrica interfere com a luz em comprimentos de onda específicos, são capazes de desviar a luz ao redor do objeto, tornando-o invisível, precisamente invisível em cores específicas do espectro.

Mas os físicos desta mesma universidade britânica têm uma teoria que vai além da ficção: tornar uma ação invisível durante um certo lapso de tempo, fazendo a luz desaparecer em um "vácuo espaço-temporal" por meio dos metamateriais.

Com esta capa "espaço-temporal", um ladrão poderia entrar em uma casa, abrir um cofre e sair, enquanto a câmera de vigilância mostraria o local sem alteração e o cofre fechado.

Na teoria, certas fibras ópticas de silício são capazes de produzir este efeito, jogando com a variação do índice de refração, a velocidade da propagação da luz nas fibras.

"Normalmente, a luz perde velocidade quando penetra em um material, mas é teoricamente possível manipular os raios luminosos de tal forma que parte deles se acelerem, enquanto os demais são retardados", explica o professor Martin McCall no estudo que será publicado nesta terça-feira (16), no Journal of Optics.

A parte da luz acelerada chegaria assim antes do ato, enquanto a parte mais lenta chegaria depois da ação.

Ao dividir assim a luz e recompô-la "sem deixar vestígios", a ação ficaria literalmente invisível a qualquer observador, conclui McCall.

"Sobre alguém que caminha por uma calçada, a impressão de um observador distante seria a de que a pessoa desaparece e reaparece mais à frente, criando a ilusão de um teletransporte, como em Star Trek" (Jornada nas Estrela), a famosa série de TV.

No momento, isto é ficção científica, mas na teoria poderá ser feito com fibras ópticas, no âmbito da informática para multiplicar a capacidade de cálculo dos computadores, segundo o doutor Paul Kinsler.

    Leia tudo sobre: invisibiliademetamaterial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG