"Pai" do primeiro bebê de proveta não receberá Nobel por estar doente

Robert Edwards não estará na cerimônia de entrega do prêmio que acontece na semana que vem

EFE |

O britânico Robert G. Edwards, "pai" do primeiro bebê de proveta, não viajará para Estocolmo para receber o Nobel de Medicina deste ano por razões de saúde, informou nesta sexta-feira (3) a Fundação Nobel.

Leia mais:
Britânico pioneiro da fertilização artificial ganha o Nobel de Medicina


Edwards, de 85 anos, foi escolhido há dois meses com este prêmio por desenvolver o tratamento de fecundação in vitro, que transformou radicalmente o tratamento da infertilidade.

A semana Nobel começará na próxima segunda-feira com a chegada à capital sueca dos nove agraciados nas categorias de Química, Física, Literatura e Economia para pronunciar conferências e participar de outras atividades.

A cerimônia de entrega dos prêmios acontece no dia 10 no Konserthus de Estocolmo, a exceção do Nobel da Paz, que seguindo a tradição será entregue esse mesmo dia na Prefeitura de Oslo.

    Leia tudo sobre: prêmio nobel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG