Órbita da Estação Espacial Internacional é elevada em 1,8 km

Por causa da gravidade da Terra, órbita da ISS precisa ser corrigida frequentemente

EFE |

Nasa
Atualmente três astronautas estão na Estação Espacial Internacional
A altura média da órbita da Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês) foi elevada em 1,8 quilômetro, informou nesta quinta-feira (1) o Centro de Controle de Voos Espaciais (CCVE) da Rússia.

A operação foi realizada com os propulsores de correção do módulo de serviço Zvezda, que faz parte do segmento russo da plataforma, contou porta-voz do CCVE à Agência "Interfax".

A fonte informou que os propulsores do Zvezda foram ligados às 21h11 (horário de Brasília) da quarta-feira (30) e permaneceram em funcionamento durante 63 segundos.

Leia mais:
Aurora austral é vista em foto tirada pela ISS
Destino final da ISS será o mar, afirma Rússia
Nasa diz que fragmento de satélite chinês não ameaça ISS
Lixo espacial em rota de colisão põe a ISS em alerta vermelho, em abril

Esse impulso deu à ISS uma aceleração de 1 metro por segundo e elevou em 1,8 quilômetro a altura média de sua órbita, até 392,2 quilômetros.

A correção de órbita da estação espacial é um procedimento de rotina, já que essa perde entre 100 metros e 150 metros de altura a cada dia devido à gravitação terrestre, a atividade solar e outros fatores.

Uma expedição formada por três tripulantes está atualmente a bordo da ISS: os astronautas russos Anton Shkaplerov e Anatoli Ivanishin e o americano Daniel Burbank.

    Leia tudo sobre: espaçoissestação espacial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG