Observe o espaço de dentro da sua casa

Sites e aplicativos de iPhone da Nasa e da Agência Espacial Europeia trazem o universo mais perto de você

Carla Sasso Laki, iG São Paulo |

Reprodução
A Estação Espacial Internacional é um dos projetos com mais ferramentas de interação

Quem não tem vontade de dar uma olhadinha no que está acontecendo fora da Terra? Para isso, a Agência Espacial Americana (Nasa) e a Agência Espacial Europeia (ESA) criaram algumas ferramentas, pela internet ou por aplicativos de celular, que permitem que o público consiga interagir com o espaço.

Conheça algumas delas:

Imagens do infinito e além
A Nasa criou um site que concentra os registros de imagens, vídeos e gráficos feitos pela agência. Além da busca e dos tópicos já existentes na capa do site, é possível encontrar uma linha do tempo no pé da página que contém as principais missões da agência, desde 1958 até os dias de hoje.

Conheça o Nasa Images

Reprodução
Imagens do espaço no seu iPhone
Aplicativos para iPhone
Para tudo tem um aplicativo de iPhone, inclusive para explorar o espaço. O app oficial da Nasa oferece tudo de mais recente da agência: últimas notícias, imagens do dia, vídeos e informações sobre as missões. Já o Space Images contém as mais belas imagens do espaço disponíveis na Nasa. E a melhor parte: eles são gratuitos!

Conheça o aplicativo oficial da Nasa

Veja o aplicativo Space Images




Estação Espacial Internacional (ISS)

Big Brother Espacial
A Estação Espacial Internacional (ISS) pode ser acompanhada por diferentes maneiras. A Nasa transmite ao vivo em seu site a gravação das câmeras exteriores da ISS desde 2009. Agora a agência também fará a transmissão ao vivo do interior da estação. O público pode ver e ouvir tudo que acontece no horário de trabalho dos tripulantes. Outro serviço oferecido pela agência é a disponibilização de imagens da Terra feitas pela tripulação da ISS. A Nasa desenvolveu também uma ferramenta que permite que o internauta veja a ISS de perto e por vários ângulos. Para “navegar” basta selecionar o módulo que você deseja visualizar e, com auxílio do mouse, aproximar, distanciar ou mudar o ângulo da imagem.

Reprodução
Site rastreia a Estação Espacial Internacional
Radar da ISS
Além de acompanhar a Estação Espacial pelas câmeras, os interessados podem localizá-la diariamente no céu. A Nasa disponibiliza um mapa onde você pode ver exatamente onde a ISS está e também pesquisar quando ela estará sobre a sua cidade. A Agência Europeia também oferece o serviço em seu site.

Acompanhe as câmeras da ISS
Confira onde a Estação está neste momento no site da Nasa e no site da Esa
Veja as imagens feitas pela tripulação da ISS
Navegue pelos módulos da Estação Espacial


Reprodução
Twitter do astronauta japonês Soichi Noguchi
Astronautas também twittam
Além do twitter oficial da Nasa, o @nasa , onde são divulgadas suas notícias, a tripulação da ISS também posta regularmente nos seus próprios microblogs. O mais fanático é o japonês Soichi Noguchi ( @Astro_Soichi ), que frequentemente posta fotos da Terra vista do espaço. O endereço @NASA_Astronauts reúne os tweets de todos os tripulantes da estação.





Marte

Encomende uma foto
A Nasa e a Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, desenvolveram um projeto que conta com a parceria do internauta. Os interessados podem fazer sugestões de imagens para a agência internacional pela internet através do site da HiRISE, uma câmera de alta resolução que registra imagens do planeta Marte.
Para participar é necessário se cadastrar no site do projeto. Depois, é preciso selecionar a região de interesse através de um mapa, e justificar o pedido em inglês.

Peça sua foto de Marte

NASA
Jipê-robô Spirit, que está em Marte
Mande um cartão-postal para o Spirit
Os apaixonados por Marte e pelo robô-jipe Spirit podem se comunicar com ele. O equipamento, que chegou ao planeta em 2004, com uma missão prevista para durar apenas três meses, continuou valentemente na ativa até pouco tempo atrás – apenas o inverno marciano conseguiu pará-lo, mas a Nasa ainda tenta revivê-lo. Com isso, ele angariou fãs no mundo tudo, e um site foi criado para que ele “receba” correspondência de seus admiradores. Para isso, basta fazer um cadastro e mandar sua mensagem.

Envie o seu cartão para o Spirit



Tem Google em Marte

Se a Terra tem o Google Earth, quem disse que Marte ficaria atrás? O Google Mars funciona exatamente como sua contrapartida terráquea. Através dele é possível ver a topografia do planeta vermelho, bem como imagens de satélite e infravermelhas.

Passeie pelo Google Mars


O trabalho dos europeus
A Agência Espacial Europeia (ESA) também disponibiliza uma ferramenta parecida com a do Google. Nessa versão é possível selecionar os pontos determinados no mapa de Marte e fazer downloads das imagens dos locais em alta resolução.
A ESA publica também em seu site a sequência de imagens de observações do planeta vermelho. O projeto de monitoramento não é um instrumento científico, mas garante imagens belas de Marte.

Confira as imagens de Marte da ESA
Veja as observações do planeta vermelho

Lua

Um pouco de história
Em comemoração aos 40 anos da Apollo 11 em 2009, a Nasa criou o Lunar Panorama. A ferramenta mostra a Lua depois do pouso dos astronautas no satélite, apresentando a situação real que a tripulação tinha em 1969. É possível selecionar os pontos principais em um pequeno mapa que aparece no canto direito da tela. Depois de selecionados, o internauta ainda tem uma visão de 360º graus, a partir do marco escolhido, apenas arrastando o mouse.

Veja a superfície lunar há 40 anos

Reprodução
Veja como seria a estação lunar da Nasa
O ex-posto avançado
O projeto Lunar Outpost, que pretendia construir na Lua, entre 2019 e 2024, um posto avançado com equipamentos de pesquisa e robôs exploradores foi recentemente cancelado pelo presidente Barack Obama. Mas ele rendeu um site e um aplicativo de iPhone bastante interessantes, que permitem aprender mais sobre o satélite e os equipamentos planejados para a missão.

Explore o Lunar Outpost
Instale o aplicativo no iPhone

Sol
Outro aplicativo para iPhone permite que o usuário acompanhe as erupções do Sol em tempo real. Você poderá ter uma visão do astro através das imagem de satélites que registram detalhes da superfície solar. E o melhor: ele avisa quando há alguma novidade por lá.

Baixe o aplicativo no iPhone


Outros

Rosetta
A missão Rosetta, da Agência Espacial Europeia, também pode ser acompanhada pelos internautas. A animação mostra onde a sonda está, enquanto ela ainda segue sua rota para encontrar o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. Essa é a primeira missão que irá acompanhar e pousar em um cometa. A previsão é de que a sonda encontre o objeto em 2011. Os cientistas irão realizar 11 experimentos científicos, para tentar entender os mistérios que envolvem o surgimento do Sistema Solar.

Saiba onde a sonda está nesse momento

Outras missões da ESA
A ESA também oferece em seu site uma ferramenta que permite que o público acompanhe onde algumas de suas missões. Basta selecionar a missão e sua localização aparece no mapa, como dados como latitude e longitude.

Veja onde estão algumas das missões da ESA

Reprodução
Navegue pela lua de Saturno
Explorando Titã
A sonda Cassini foi enviada à Saturno para investigar e registrar todos os detalhes de uma de suas luas mais importante, a Titã. A ferramenta disponibilizada pela Nasa conta todos os detalhes da missão e fala sobre as principais características da região em um vídeo introdutório.
Depois da apresentação, o internauta pode navegar pela Titã clicando em pontos determinados em um mapa e descobrindo mais sobre cada um deles. Além disso, é possível ver as últimas imagens feitas da Titã.

Explore a lua de Saturno



Reprodução
O site Galaxyzoo se propõe a descobrir o universo com o internauta
Galaxy Zoo
O site Galaxy Zoo permite que o internauta ajude os astrônomos a fazerem novas descobertas. A proposta é desvendar o Universo junto com os cientistas. A ferramenta possui três sugestões diferentes, cada uma delas convida o público a uma nova exploração do espaço sideral. Conheça:

Ajude a entender como as galáxias surgem
Explorando Supernovas: ajude os cientistas nessa “caçada”
Monitore o Sol e ajude os astrônomos a entenderem as explosões no astro

    Leia tudo sobre: espaçointernetnasa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG