Nova espécie de lagarto é descoberta no Camboja

Pele do animal, que vive a maior parte do tempo no subsolo, cria um efeito de arco-íris na luz solar

AFP |

Conservation International
Os cientistas chamaram o animal de Lygosoma veunsaiensis
Uma nova espécie de lagarto com a pele iridescente, uma longa cauda e patas muito curtas foi descoberta na floresta tropical do nordeste do Camboja. Os cientistas chamaram o animal de Lygosoma veunsaiensis em homenagem à Área de Conservação Veun Sai-Siem, na província de Rattanakiri, onde ele foi encontrado, informou a Conservação Internacional (CI) em um comunicado.

O lagarto foi descoberto em 2010 na área remota e pouco explorada da floresta durante pesquisas biológicas lideradas pela Fauna & Flora International (FFI), em parceria com a CI, disse o grupo.

"Estas criaturas são difíceis de encontrar porque passam grande parte de sua vida no subsolo", explicou Neang Thy, um funcionário cambojano do FFI e o primeiro herpetólogo a ver o novo lagarto.

Leia mais:
Lagartos usam cauda para controlar direção do corpo ao saltar
Nova espécie de lagarto é encontrada na caatinga do Ceará
Fóssil mostra 'primeira fêmea de lagarto grávida'

"Algumas espécies semelhantes são conhecidas apenas por uns poucos indivíduos. Tivemos muita sorte de encontrar um deles", disse Neang Thy.

A nova espécie é incomum porque tem membros muito curtos e uma cauda que é muito maior do que o seu corpo principal. Sua pele tem uma qualidade de refração para as escalas que cria um efeito de arco-íris na luz solar, disse o grupo.

O lagarto foi a terceira nova espécie encontrada nos últimos dois anos em Veun Sai, seguindo a descoberta de um novo tipo de morcego e de um gibão.

    Leia tudo sobre: lagarto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG