Nave-robô do Japão chega à Estação Espacial Internacional

Cargueiro leva mantimentos, equipamentos científicos e peças de repoisção

Reuters |

Uma nave cargueira japonesa guiada por controle remoto chegou na quinta-feira à Estação Espacial Internacional levando mantimentos, equipamentos científicos e peças de reposição.

É a segunda nave japonesa a atracar na Estação, e a primeira de quatro a chegarem lá no período de um mês.

A atracação reforçou a confiança na capacidade de a Estação continuar operacional depois que a Nasa aposentar sua frota de ônibus espaciais, dentro de cerca de seis meses, após mais dois ou três voos.

Caberá então às naves japonesas HTV-2, aos Veículos Automatizados de Transferência (ATV) europeus e às cápsulas Progress, da Rússia, continuarem abastecendo a Estação Espacial, um projeto de 100 bilhões de dólares que envolve 16 países.

A Nasa espera que a partir de dezembro naves comerciais possam ser alugadas para também levar mantimentos à Estação. Já o transporte de tripulantes será exclusividade dos módulos russos Soyuz, ao custo de 51 milhões de dólares por passageiro.

A nave japonesa HTV, batizada de Kounotori, foi lançada no sábado a bordo de um foguete H-2B, no Centro Espacial Tanegashima, no sul do Japão.

Na quinta-feira, ela pairava a cerca de 10 metros da Estação, enquanto a engenheira de voo em órbita, Catherine "Cady" Coleman, manobrava o braço robótico do complexo orbital para "laçar" a nave japonesa, que pesa quase 16 toneladas. Ela foi então atracada ao nódulo Harmony da Estação.

Os seis tripulantes da Estação começarão na sexta-feira a descarregar as 3,2 toneladas de carga que a Kounotori transportou.

A carga seguinte vem logo depois. Um foguete russo Progress deveria decolar na própria quinta-feira de Baikonur, no Cazaquistão, para chegar no sábado à Estação.

O segundo ATV europeu, batizado de Johannes Kepler, está sendo preparado para o lançamento em 15 de fevereiro. No dia 24, será a vez de a Nasa tentar lançar o ônibus Discovery, levando peças de reposição e um módulo de armazenamento, entre outros itens.

    Leia tudo sobre: espaçonasaestação espacial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG