Nave espacial militar dos EUA regressa à Terra depois de 7 meses

O X-37B ficou 220 em órbita, em sua viagem inaugural. A Força Aérea dos EUA não esclareceu objetivos do projeto

AFP |

Uma nave espacial não-tripulada da Força Aérea dos Estados Unidos, com uma missão vagamente definida, aterrissou na sexta-feira, na Califórnia (oeste), depois de uma missão de sete meses, anunciaram as autoridades.

O X-37B, a primeira nave espacial da Força Aérea com capacidade de regresso, aterrissou na Base Vendenberg depois de "conduzir experiências em órbita por mais de 220 dias durante sua viagem inaugural", assinal um comunicado da Força Aérea.

A nave robotizada de 8,9 metros e asas de 4,5 metros de extensão, similar a um ônibus espacial em miniatura, foi desenvolvida durante anos e as forças armadas só proporcionaram vagas explicações sobre seu objetivo ou seu papel no arsenal militar americano.

As autoridades disseram que o veículo é desenhado para "proporcionar um ambiente de testes de 'laboratório em órbita' para testar novas tecnologias e componentes".

Analistas da indústria especulam que o Pentágono deve ter em mente capacidades militares para a nave não-tripulada ou não teria investido tanto tempo e dinheiro em seu desenvolvimento.

    Leia tudo sobre: naves espaciaisnasaprograma espacial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG