Equipe realizava treinamento em laboratório submarino na costa da Flórida

Na imagem tirada no dia 26 de outubro, astronautas treinam, em laboratório submarino, tarefas que serão executadas em missões futuras
Nasa
Na imagem tirada no dia 26 de outubro, astronautas treinam, em laboratório submarino, tarefas que serão executadas em missões futuras
Nasa retirou sua tripulação de uma estação submersa no mar na costa da Flórida, onde treinavam para  viagem a um asteroide, devido à aproximação do furacão Rina.

"A tripulação submetida à descompressão durante a noite retornará em breve à superfície. O furacão Rina está preocupantemente perto", assinalou a agência em um seu Twitter.

A equipe da Missão de Operações em Condições Extremas da Nasa (NEEMO) espera a bordo de botes de apoio na superfície.

Os astronautas se encontravam na metade de uma missão de 13 dias no Aquarius Underwater Laboratory, o único laboratório submarino de seu tipo no mundo, localizado a 4,5 km do litoral de Largo Key, Flórida.

O treinamento servia para ajudar os astronautas a saber como se sentirão num asteroide de livre gravidade, uma missão que o presidente Barack Obama disse que poderá ser realizada em 2025.

O furacão Rina, com ventos de 175 km/h, subirá para a categoria 3 antes de tocar em terra na quinta-feira, perto do balneário de Cancún (Yucatán, México).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.