Nasa lançará missão para estudar o Sol mais de perto

Satélite será lançada em 2018 e deve fazer a medição de algumas partículas do Sol e captar imagens em 3D

AFP |

NASA
Sonda que vai estudar o Sol de perto terá escudo protetor
A Nasa anunciou que está desenvolvendo uma sonda para estudar o Sol mais de perto, que será lançada em 2018 graças a cinco projetos científicos que foram selecionados recentemente.

O satélite, do tamanho de um automóvel e chamado "Solar Probe Plus", será enviado para a atmosfera do Sol, a aproximadamente 6,4 milhões de quilômetros da superfície do astro, e será lançado "até 2018", segundo um comunicado da Nasa.

"As experiências selecionadas para o Solar Probe Plus responderão a duas perguntas-chave da física solar: por que a atmosfera do Sol é mais quente do que a sua superfície visível e o que o empurra o vento solar que atinge a Terra e o sistema solar", indicou Dick Fisher, diretor do Departamento de Heliofísica da Nasa, citado em um comunicado.

Para poder se aproximar do Sol, a sonda terá um escudo protetor elaborado com um novo material composto de carbono resistente a temperaturas de mais de 1.400 graus celsius, assim como a fortes radiações, segundo o comunicado.

A Nasa lançou em 2009 uma seleção de projetos de pesquisadores especializados no Sol. Cinco projetos foram escolhidos.

Entre as missões científicas que serão realizadas, estão a medição de algumas partículas do Sol (prótons, elétrons), a captação de imagens 3D por um telescópio e a medição dos campos magnéticos.

"Este projeto permite ao gênio humano ir até onde nenhuma aeronave espacial chegou", explicou Lika Guhathakurta, uma das responsáveis pelo programa Solar Probe Plus, também citada no comunicado. "Pela primeira vez vamos poder tocar, provar e sentir nosso Sol", disse.

    Leia tudo sobre: Nasaespaçosolsolar probe plus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG