Nasa descarta ameaça de colisão de lixo espacial com a ISS

Nível de alerta no posto orbital cai de vermelho para verde, depois de horas sob risco de choque com um fragmento de satélite

iG São Paulo |

Os três astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) não precisam mais se preocupar com um pequeno pedaço de lixo espacial que estava a caminho.

O Controle de Missão informou a tripulação, horas depois de lançar um alerta vermelho de risco de colisão, que o destroço de um satélite chinês não representava mais ameaça.

Leia também:

Lixo espacial em rota de colisão põe ISS em alerta vermelho

Estimativas iniciais davam conta de que o fragmento, de 15 centímetros, passaria a menos de 5 km da ISS, mas observações subsequentes trouxeram o nível de alerta de vermelho para verde.

Se o alerta vermelho tivesse continuado em vigor, os três astronautas a bordo teriam sido orientados a se refugiar numa cápsula de resgate e permanecer em seu interior até a emergência passar. "Não há tempo suficiente para redirigir o rumo da estação, como foi feito na sexta-feira passada devido a outra peça de resíduo, por isso que se a probabilidade da colisão seguir em "alerta vermelho", a equipe teria que deslocar-se à Soyuz TMA-20", indicou a Nasa em comunicado.

O satélite chinês foi destruído em 2007 somando-se assim às mais de 19 mil peças de lixo espacial que circulam na órbita da Terra, segundo informações da Nasa.

Após o sinal verde da Nasa, a tripulação continuou com as tarefas atribuídas para o dia. Nespoli preparou o equipamento necessário para as caminhadas espaciais que a tripulação da missão STS-134 realizará quando chegar o Endeavour em maio.

(com informações da AP e EFE)

    Leia tudo sobre: estação espaciallixo espacial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG