Nasa atrasa saída espacial para consertar ar condicionado da ISS

O prazo adicional foi necessário para que engenheiros e astronautas em terra pudessem terminar os preparativos para a saída

AFP |

A Nasa decidiu adiar por 24 horas a saída espacial prevista para a sexta-feira (06/08), na qual os astronautas da Estação Espacial Internacional (ISS) deveriam substituir a bomba de um sistema de ar condicionado avariado na semana passada.

A primeira saída, para suprimir a parte defeituosa - com elementos pressurizados mediante amoníaco - foi finalmente marcada para as 10h55 GMT (07h55 de Brasília) de sábado, e não para a sexta-feira, informou a agência.

Dois astronautas, Doug Wheelock e Tracy Caldwell Dyson, vão inserir um módulo de reposição de 355 kg, que deverão deslocar por uma dezena de metros.

O prazo de 24 horas adicional foi necessário para permitir aos controladores aéreos, engenheiros e astronautas em terra terminar os preparativos e os testes para a saída no laboratório NBL (Neutral Buoyancy Laboratory), em Houston, explicou a Nasa.

"É uma avaria que supunhamos que podia ocorrer", declarou na segunda-feira Mike Suffredini, diretor do programa da ISS na Nasa.

No entanto, "é uma avaria importante no que diz respeito aos sistemas de bordo da ISS, e por isso temos que nos ocupar dela".

Se a segunda unidade de ar condicionado chegar a falhar, o que Suffredini considerou improvável, os astronautas americanos não correrão riscos porque poderão se abrigar com os colegas russos, que ocupam outro setor da ISS, equipado com sistema de ar condicionado independente.

    Leia tudo sobre: nasaiss

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG