Morre aos 74 anos o cientista Ricardo Renzo Brentani

Pesquisador foi um dos expoentes do Projeto Genoma do Câncer Humano

AE |

selo

Considerado um dos mais importantes cientistas do Brasil, morreu ontem (29) o professor Ricardo Renzo Brentani , um dos expoentes no Projeto Genoma do Câncer Humano, que trouxe novos rumos para a pesquisa oncológica. Presidente da Fundação Antônio Prudente, mantenedora do Hospital A.C.Camargo, diretor-presidente do Conselho da Fapesp, ele era também Professor Emérito pela Faculdade de Medicina da USP.

Seu corpo será velado a partir das 7 horas de hoje, conforme seu desejo em vida, no Auditório Senador José Ermírio de Moraes no Hospital A.C.Camargo, localizado na Rua Tamandaré, 766, na Liberdade. O sepultamento será às 12h30 no Cemitério do Morumbi, na zona sul da capital.

Brentani tinha mais de 300 trabalhos publicados em periódicos de alto impacto ao redor do mundo, dentre eles Nature e Science, e era o mais premiado pesquisador sobre oncologia do País e um destaque da ciência mundial. Nascido em Trieste, na Itália, naturalizado brasileiro, filho de Segismundo e Gerda Brentani. Deixa a esposa e cientista, Maria Mitzi Brentani, quatro filhos, Hugo, Helena, Alexandra e Barbara e dez netos.

    Leia tudo sobre: NACIONALGERAL

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG