Cientista, considerado um dos maiores especialistas brasileiros em comportamento animal, foi vítima de atropelamento

Cesar Ades era considerado um dos maiores especialistas no Brasil em comportamento animal
IEA
Cesar Ades era considerado um dos maiores especialistas no Brasil em comportamento animal
Morreu nesta quarta-feira (14) César Ades, professor do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP). Ele tinha 69 anos e foi vítima de traumatismos ocasionados por um atropelamento na última quinta-feira (8), nas proximidades da Av. Paulista, em São Paulo.

Ades era considerado um dos maiores especialistas brasileiros em etologia e comportamento animal. Foi diretor do Instituto de Psicologia da USP e também membro do Conselho Universitário da USP de1998 a 2004, do Conselho Deliberativo do Hospital Universitário (HU) da USP de 2000 a 2004, do Conselho Curador da Fuvest de 2004 a 2008.

Ades era membro do International Council of Ethologists, da International Society of Comparative Psychology e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Etologia (SBEt), da qual foi fundador. Editava, desde 1999, a Revista de Etologia e era membro do conselho editorial das revistas Behavior and Philosophy e Acta Ethologica.

O corpo será velado das 9 horas às 13h30 desta quinta-feira (15), na biblioteca do IP (Av. Prof. Mello Moraes, 1.721, Cidade Universitária, São Paulo). O sepultamento será às 15 horas, no Cemitério Israelita do Embu, Estrada Keiichi Matsumoto, 21, Embu das Artes, telefone (11) 4781-5488. As aulas e atividades do IP estão suspensas nesta quinta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.