México devolve ao Egito peça da época faraônica

Objeto, que estava em poder de um cidadão mexicano, será exposto no Museu Egípcio do Cairo

EFE |

O México devolveu ao Egito um baixo relevo talhado em pedra cuja origem remonta ao Império Novo (1539-1075 a.C.) e que a partir de agora estará exposto no Museu Egípcio do Cairo, informou nesta terça-feira (24) o Ministério de Estado para as Antiguidades do país africano.

O Ministério explicou em comunicado que a peça foi encontrada em 2006 em poder de um cidadão mexicano cuja identidade não foi revelada. Em seguida, permaneceu em poder do Museu Nacional do México à espera da resolução dos trâmites legais necessários para sua devolução ao país de origem.

O fragmento de pedra arenosa mede 17 centímetros de comprimento por 15 centímetros de largura e mostra uma gravura faraônica representando um fragmento de uma face humana.

A peça foi enviada ao Egito via maleta diplomática e chegou na última segunda-feira ao país. O ministro de Estado para as Antiguidades, Zahi Hawas, decidiu depositar a peça no Museu Egípcio do Cairo para sua exposição.

    Leia tudo sobre: EGITOarqueologia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG