Zoológico de Teerã sacrifica 14 leões aparentemente doentes

Veterinário aponta má gestão como provável causa da morte dos animais

EFE |

Veterinários do zoológico de Teerã sacrificaram 14 leões que aparentemente foram afetados por uma doença bacteriana comum em equinos, informou nesta segunda-feira (17) a publicação "JameJam".

A fonte não indicou quando ocorreu o sacrifício dos animais.

Um veterinário local apontou como provável causa da morte dos leões a má gestão do centro.

Endêmica na Ásia, África, Oriente Médio e América do Sul, a doença do mormo é comum em asnos, mulas, burros e cavalos e pode contagiar os humanos.

    Leia tudo sobre: leãoanimaiszoológico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG